Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós

Publicidade gratuita e com muita lata

img-publicidade.jpg

 

A razão de ter um blog e conta no Instagram deve-se a duas únicas razões:

- Gosto muito de escrever;

- E sinto que devo partilhar as minhas opiniões porque também gosto muito ler as opiniões das outras pessoas.

 

Apenas isto. Não pretendo dedicar a minha vida profissional a isto, não procuro receber dinheiro nem anseio por convites. Se quisesse isso, não recusava 99% das parcerias que recebo. Porém, quando uma marca ou entidade me pede para falar sobre ela, é expectável que haja um pagamento, seja ele qual for ou como for.

 

Quando um restaurante pede para lá ir e partilhar a minha opinião, eu não pago a refeição. Quando uma marca de roupa pediu para partilhar os seus produtos, eu recebi esses produtos. Quando um hotel pediu para lá ficar, não paguei a estadia. Simples e sempre com a minha garantia de que essas ofertas não influenciariam a minha opinião (de tal forma que já critiquei coisas oferecidas e perdi parcerias por essa razão). Numa parceria entre duas partes, não faz sentido que só uma parte ganhe. Ou será que não é assim?

 

Há dias fui contactado por uma marca portuguesa, que se identifica como sendo uma marca de luxo. A parceria pareceu-me interessante mas estranhei não haver qualquer contrapartida. A questão foi sendo empurrada com a barriga pela marca, até responderem que não é política da marca oferecer nada. WTF?!? Existirá mesmo por aí quem ande a fazer publicidade gratuita a marcas a pedido destas? Uma coisa é falarmos de algo porque queremos. Outra é pedirem-nos um espaço publicitário a troco de 0.

 

A minha resposta deu lugar a um pedido de desculpa e até a um "voltar atrás". Afinal já ofereciam qualquer coisa. Mas não, obrigado! Nem preciso que me ofereçam nada, nem vou andar a fazer favores a marcas só para benefício delas. Anda por aí gente com muita lata...

8 comentários

Comentar post