Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Veneza

  

Há cidades que fazem parte do imaginário coletivo. Veneza é, seguramente, uma delas. Há cidades que não deixam ninguém indiferente. Uns adoram, outros detestam. Veneza não deixa ninguém indiferente.

 

 

 

Eu adoro Veneza. Adoro tanto, que quase arrisco dizer que é a minha cidade favorita, ultrapassando Londres, Paris, Roma, Praga, Nova Iorque e, talvez, até Lisboa. Já lá estive quatro vezes. Mas quero voltar muitas mais. Estive no Verão e no Outono, mas quero voltar na Primavera e, sobretudo, no Inverno.

 

 

 

Gosto de tudo em Veneza. Gosto da chegada de barco. Gosto dos canais e das ruas labirínticas, das pontes encantadoras, da música, do tom rosado da cidade.

 

 

 

Gosto das fachadas decadentes das casas e dos palácios, alegradas pelos vasos de flores nas janelas.

 

 

 

Gosto das igrejas e das praças, das mais pequenas e escondidas até à principal, a magnífica praça de S. Marcos. Haverá praça mais bonita no mundo inteiro?

 

 

 

 

Gosto das ruas cheias de gente, mas, principalmente, daquelas que não têm ninguém.

 

 

 

Gosto das gôndolas, dos vaporetos, das ambulâncias-barco, do barco do lixo, do táxi-barco, das garagens para os barcos...

 

 

 

Gosto das lojas de vidro de Murano, dos cafés e das pastelarias, do mercado de frutas e legumes e, acima de tudo, do fabuloso mercado do peixe.

 

 

 

 

Recordo com saudade as saídas de Veneza ao pôr-do-sol nos navios de cruzeiro que atravessam o Grande Canal rumo ao mar alto.

 

 

 

E anseio desesperadamente por conhecer Veneza com frio, chuva e nevoeiro, sem turistas (ou com poucos turistas), de galochas nos pés, casaco quentinho e cachecol. Quero muito sentir o romantismo e o mistério desta cidade que só o Inverno pode oferecer. 

 

{#emotions_dlg.kiss}

3 comentários

Comentar post