Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

30
Set14

Ramo de flores + homem = acidente de carro

Só entre nós

 

Que título mais confuso... Ramo de flores + homem = acidente de carro? Eu sei, mas tem uma explicação. Um homem com um ramo de flores na mão, é igual a um acidente de carro. Porquê? Porque a atitude das outras pessoas com quem esse homem se vai cruzando é igual à atitude das pessoas que passam ao pé de um acidente de carro. Senão vejamos:

 

-    Muitos param e ficam a olhar;

-    É motivo de conversa com os outros ao lado;

-    Aqueles que não param contorcem-se todos para ver melhor;

-    E enquanto observam, fazem o orçamento à coisa.

 

E não, não estou a exagerar. O motivo porque não compro tantas flores como gostaria, é por causa dos olhares da maioria das pessoas com que me cruzo na rua. O que, para mim, não faz qualquer sentido. Qual é o grande espanto em ver um homem com um ramo de flores? Será assim algo de tão transcendente?

 

É lógico que não. Mas a verdade é que muitos, mesmo muitos, são aqueles que param ou viram-se ao contrário para ver melhor as flores que levo e comentam o ramo com os outros. Felizmente, os únicos comentários que consegui ouvir relacionados comigo (porque a maioria são sussurros) foi de uma senhora na rua que comentou para a outra "que romântico", e outra que disse que as flores eram muito bonitas.

 

Porém, já pude ouvir uma mulher a comentar as flores que um outro homem levava dizendo "podia levar mais duas rosas que não lhe custava assim tanto."

 

E estou mesmo a ver que muitos dos pensamentos são desse género:

-    Podia ter escolhido um papel mais bonito;

-    Doze rosas? Isto só é romântico a partir das duas dúzias;

-    Deve ter feito das bonitas para agora levar flores;

-    Não gastou mais de dez euros naquilo. Pelintra;

-    Lá vai aquele com flores. Não sabe, oferecer mais nada, que falta de criatividade!

 

Enfim, isto para escrever que é lamentável que um homem com um ramo de flores na mão desperte tanto interesse como um acidente de carros.

{#emotions_dlg.blink}

8 comentários

Comentar post