Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Só entre nós

Só entre nós é um blog para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, aquilo de que gostamos ou não, sobre bons e maus momentos, restaurantes fantásticos, viagens fabulosas ou nem tanto... No fundo, sobre tudo.

Só entre nós

Só entre nós é um blog para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, aquilo de que gostamos ou não, sobre bons e maus momentos, restaurantes fantásticos, viagens fabulosas ou nem tanto... No fundo, sobre tudo.

Parque de estacionamento interdito

 

Eu nem sei porque é que me admiro e escrevo sobre estas coisas. Já deveria estar habituado. Mesmo assim, há coisas que não consigo entender.

Existe um parque de estacionamento que foi construído, mas que nunca chegou a ser inaugurado. Já lá vão três anos e ele continua na mesma. Praticamente completo e com todos os lugares delimitados. Só lhe faltam as cancelas e o lugar para pagamento. Nunca procurei saber o porquê da sua não inauguração, mas imagino que esteja relacionado com questões jurídicas.

Seja como for, durante estes três anos nunca houve ninguém que estacionasse lá o carro porque, mesmo sem cancelas e entrada desimpedida, o parque nunca chegou a ser oficialmente aberto. Porém, tudo mudou quando houve alguém que colocou uma corrente a vedar a possível entrada de carros. Um dia depois de colocada a corrente, esta foi solta de um dos lados e, para minha surpresa, uma pessoa decidiu estacionar o carro no parque.

 

No dia seguinte, a corrente voltou a ser colocada e, pouco tempo depois, foi novamente retirada para que um carro estacionasse.


Durante uns dias foi assim. Havia sempre um carro estacionado num parque vazio e interdito, e uma corrente atirada ao chão. Ao fim de uma semana, sempre com a corrente a ser retirada, o número de carros começou progressivamente a aumentar. Se um tinha decidido passar a estacionar ali, os outros também o podiam fazer. Deve ter sido este o lema.

Perante tal situação, os responsáveis decidiram soldar a corrente aos muros laterais, para que parassem de retirar a corrente. E o que é que aconteceu? Alguém decidiu cortar a corrente, e os carros voltaram a poder estacionar. 

 

Passado alguns meses desde a colocação da corrente, o parque continua por ser inaugurado, a corrente é presa às laterais diariamente, e todos os dias esta é retirada para que o parque se encha de carros.

 

Para mim o mais caricato é que passaram três anos, sem que ninguém estacionasse, e bastou terem colocado uma corrente para que tudo mudasse. O proibido é o mais apetecível?

 

Entretanto, lembrei-me daquela experiência feita com um carro abandonado. Durante dias, ninguém lhe fez nada. Assim que a janela foi partida, os bens que estavam dentro do carro foram imediatamente roubados e o carro vandalizado. Curioso, não é?

{#emotions_dlg.blink}