Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

O que vestir nos restaurantes Michelin - versão masculina

  

Quando visitámos o nosso primeiro restaurante de estrela Michelin, Belcanto (sobre o qual escrevi aqui), já lá tínhamos estado aquando da sua abertura, ou seja, antes de estrela, e, em nenhuma das vezes, fui de fato e gravata. Nem ao almoço nem ao jantar. Apesar do ar formal do espaço, considerei que ir de camisa, calças e blazer era o adequado. Tal como esperado, não me senti deslocado com a roupa escolhida, uma vez que a maioria dos homens presentes estava mais semi-formal do que formal.

 

O mesmo estilo foi escolhido para ir ao Vila Joya, de duas estrelas Michelin, e 22º melhor restaurante do mundo (sobre o qual escrevi aqui). Se num restaurante de uma estrela tinha ido de blazer, num de duas não podia ser de outra forma. Ainda por cima, tanto no site, como durante a reserva por telefone, fui informado que o estilo de vestimenta era formal. Porém, olhando à volta, apercebi-me que o estilo seguido pelos outros clientes era mais casual do que formal, talvez por causa da sua localização praticamente em cima da praia.

 

Ainda no parque de estacionamento, pude observar um cliente, junto ao carro, em tronco nu e calções, a sacudir a areia dos pés e a mudar de roupa para um pólo, calças e ténis. Cliente esse que não teve qualquer problema ao entrar no restaurante. Na mesa ao nosso lado, também estava outro homem de pólo.

 

Contrariamente ao esperado, até no Azurmendi, de três estrelas Michelin (sobre o qual escrevi aqui), onde a formalidade seria ainda maior, não faltavam homens de pólo ou até de t-shirt, tal como verificámos no Roca Moo, de uma estrela Michelin (sobre o qual escrevi aqui), ou no Eleven, também de uma estrela (análise aqui).

 

Ou seja, é claro que havia homens de fato e gravata, ou de camisa e blazer, como eu, mas muitos optaram por um estilo mais casual, sem que isso lhes causasse algum problema à entrada nos restaurantes. 

 

Por isso, se está a pensar visitar um restaurante estrelado, vista-se como se sentir melhor e não se sinta obrigado a vestir fato e gravata. Dispense apenas os calções e chinelos, por favor...

2 comentários

Comentar post