Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Menos de 6 euros à hora?!?

gadget_no_way.gif

 

Ainda a propósito do post de ontem, sobre a situação caricata com a nossa ex-empregada, ouvi recentemente uma senhora a falar ao telefone na rua que disse o seguinte:

"E ele queria que eu ficasse. Mas eu disse-lhe que nem pensar. Menos de seis euros por hora para limpar casas? Prefiro ficar na rua."

 

Ora faz todo o sentido, não faz? Com todo o respeito por quem tem de fazer limpezas para ganhar a vida, ganhar menos de seis euros à hora mas, mesmo assim, ganhar mais do que muitos que têm profissões diferenciadas, com um grau de responsabilidade incomparavelmente superior, é pior do que ficar na rua.

 

E nem é difícil fazer as contas. Quantos licenciados é que trabalham, até nas profissões correspondentes aos cursos, e recebem €1000, ou pouco mais do que isso? Agora imaginemos que trabalham oito horas por dia. Oito vezes vinte e dois dias úteis dá cento e setenta e seis. Mil a dividir por cento e setenta e seis dá €5,68.

 

Menos do que seis euros! E este é o valor sem descontos. Porque aí o valor hora limpo é bem mais reduzido. E importa não esquecer que muitas das empregadas domésticas não fazem qualquer tipo de desconto. Bem sei que, de igual modo, não estão a acautelar qualquer reforma, mas a verdade é que levam o dinheiro limpo para casa.

 

Como tal, como é que uma pessoa pode reagir quando houve que é preferível ficar na rua em vez de ganhar menos de seis euros por hora? E eu a achar que isto estava difícil de encontrar emprego, e que tínhamos de nos sujeitar ao valor que nos quisessem pagar... Está visto que estava muito enganado.

10 comentários

Comentar post