Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Memórias de uma sandes de mortadela - Osteria Francescana

IMG_0676.JPG

 

Análises.png

 

Depois de ter passado o verão de 2000 a trabalhar arduamente no El Bulli, experimentando técnicas altamente inovadoras e ingredientes improváveis, Bottura pensou: E agora, o que é que hei-de fazer? Uma espuma de mortadela?

 

Bottura era uma criança muito magra e tinha sempre pouco tempo para comer, porque só queria jogar futebol. Num esforço para tentar alimentá-lo, a mãe de Bottura corria atrás dele todas as manhãs a caminho da escola com uma sandes de mortadela na mão.

 

"Pode uma receita substituir uma memória?", pergunta o Chef.

 

Foi o que Bottura tentou, lutando contra os produtores locais de mortadela para que deixassem as técnicas modernas utilizadas e voltassem atrás no tempo, de forma a que mortadela se limitasse a isso mesmo. A uma pura concentração de mortadela. Nada é adicionado à mortadela. É o trabalho no empratamento que faz com que a mortadela adquira o sabor que conhecemos.

 

Os pistácios e o alho, sempre presentes na clássica mortadela, foram removidos, refinados e colocados junto à espuma de mortadela. A espuma é servida com um quadrado tostado de gnocco ingrassato, um pão típico de Modena, atado com banha de porco.

 

O sabor da espuma é intenso, conjugando harmoniosamente com o gnocco, muito semelhante à nossa típica bola.

 

Apesar de não gostar de mortadela, não desgostei deste prato, mas o sabor não deslumbrou.

 

Semana da Osteria Francescana

- Introdução

- Como chegar a Modena, Itália

- Modena, Itália

- Reservar mesa na Osteria Francescana

- A arte na Osteria Francescana

- O pão e o azeite

- Grissini

- Tosta de parmesão

- Macaron de coelho

4 comentários

Comentar post