Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Jerusalém, a cidade que me fez chorar

01.JPG

 

É comum dizer-se que os homens não choram, mas eu não tenho problemas em dizer que chorei ao chegar a Jerusalém. Quando observei a cidade, ao pôr-do-sol, do alto do Monte Scopus, junto à Universidade Hebraica de Jerusalém, não consegui conter as lágrimas e chorei. 
 
Existem poucos lugares no mundo que nos despertam emoções tão fortes que nos fazem chorar, e Jerusalém é um deles.
 

02.JPG

 

Chorei ao observar a cidade que se estendia aos meus pés, tão bonita, milenar e serena, com a proeminente cúpula dourada da Mesquita de Omar a marcar um dos locais mais importantes para a religião muçulmana, católica e judaica;
 

03.JPG

 

04.JPG

 

05.JPG

 

Emocionei-me ao percorrer a via-sacra;
 

06.JPG

 

Chorei, no Yad Vashem, ao ouvir a história de vida de Janus Korczak;
 

07.JPG

 

08.JPG

 

09.JPG

 

E chorei na Basílica do Santo Sepulcro, ao observar o local onde Jesus morreu e ressuscitou.
 
É lógico que o facto de ser crente influenciou o meu estado de espírito, porém, julgo ser impossível que uma pessoa, mesmo que totalmente não crente, passe por Jerusalém indiferente.
 

10.JPG

 

Há algo no ar que nos atrai e fascina. Que nos faz olhar à volta e pensar que tudo é irreal. 
 
Jerusalém não é só uma cidade bonita, histórica e diferente.

11.JPG

 

Jerusalém é mágica. 

6 comentários

Comentar post