Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Estrelas na Uber ao estilo Black Mirror

1476082628_Black-Mirror-Season-3.jpg

 

Para quem não sabe, na Uber os clientes podem classificar os motoristas após a viagem com uma estrela de 1 a 5. E os motoristas podem fazer exatamente o mesmo, classificando os passageiros com uma estrela de 1 a 5.

 

Mas esta parte não me choca, porque imagino que existam tantos clientes desagradáveis, mal comportados, e que chamam um Uber e não estão no local certo ou demoram imenso a aparecer, que fazem bem em classificar os passageiros e, desta forma, suspender ou bloquear contas se a nota for muito baixa. 

 

O que me faz confusão é se este sistema se alarga ao resto e passamos a viver numa realidade como a que é retratada no fantástico episódio da série Black Mirror - Nosedive (Em queda livre), onde, no fundo, todas as pessoas vivem preocupadas em agradar todos os que as rodeiam, de forma a obter boas notas e, com isso, poder usufruir de vantagens e não o contrário (más notas, fim de privilégios).

 

No início parece tudo muito bonito, mas depois...

 

Para quem não sabe do que estou a falar, um pequeno vídeo sobre este episódio da série. 

 

 

P.S. Já agora, tenho um rating de 4.94 na Uber (de 1 a 5) e já devo ter feito perto de 100 viagens com a Uber. Se fosse na série da Netflix, tinha de passar a levar uns cupcakes comigo para entregar aos motoristas da Uber. E seria eu quem perguntava se queria uma garrafa de água. E pegava no meu iPhone e punha música a tocar, perguntando se era o estilo de música que gostava, claro. Ah, e levava uma ventoinha comigo em dias de calor e uma botija de água quente em dias frios. Assim lá deveria chegar ao 5. Um pouco de limpa vidros e uma escova, mais um aspirador portátil, seriam um trunfo. Que tal?

11 comentários

Comentar post