Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Espécies de Vizinhos - Fumadores

Fumadores.png

  

Espécie de vizinhos que teima em não desaparecer, apesar de todos saberem os milhões de malefícios do tabaco, e da crise instalada não permitir despesas como comprar um maço diariamente.

 

Estes espécimes têm por hábito escolher o momento em que os vizinhos estão a pendurar a roupa acabada de lavar para a encherem de fumo, e, como se isso não fosse suficiente, não conseguem controlar o vício acendendo os cigarros assim que passam a porta de casa, impregnando elevadores e zonas públicas com fumo.

 

Os vizinhos fumadores desenvolveram com o tempo uma imunidade aos sinais de "Proibido fumar" e ao respeito pelos próprios filhos e outros vizinhos, e tal não parece que vá mudar.

 

Segundo relatos de vítimas, mesmo o fumar dentro de casa pode afetar as zonas públicas do prédio, tal como descrito por uma vítima que observou fumo de tabaco a passar por baixo da porta de casa, como se estivessem a realizar uma experiência científica daquelas que geram nuvens enormes de fumo dentro do apartamento.

 

O não tratamento destas espécimes tem como consequências o que vem escrito nos maços de tabaco, alertas esses aos quais eles também são imunes.

 

Estudos internacionais não foram ainda capazes de descobrir uma forma de terminar de uma vez por todas com esta espécie. No entanto, parece que eles normalmente vivem menos anos do que os outros, pelo que só é preciso esperar.

 

Mais espécies de vizinhos, aqui.

4 comentários

Comentar post