Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Conversas que oiço na rua - Super avó?

"Avó, vamos pelas escadas?", perguntou uma rapariga, de aproximadamente oito anos.

"Não, pelas escadas não, que não posso subir isso tudo!", respondeu a avó, abanando a cabeça. "Não gosto nada de escadas...", completou.

"Yes, então vamos de elevador!", exclamou a rapariga, satisfeita com a ideia.

"Ai de elevador não! Não, não, não! Nem pensar, que eu tenho medo de ficar presa!"

"Então como é que vamos?", perguntou a neta, confusa.


E eu, também confuso, tive de parar e ficar a olhar para ver o que acontecia. Se só havia escadas e elevadores, como é que a avó ia resolver esse problema? Parecia a escolha de Sofia! Por breves instantes, ainda considerei a hipótese da avó pegar na mão da neta e começar a voar. Ou teletransportar-se, não sei. Mas se não ia de escadas, nem de elevador, de alguma forma tinha de sair dali.


Mas não. Infelizmente, nada de extraordinário aconteceu. Depois de alguns segundos de meditação, o receio de ficar presa superou a impossibilidade de subir os três lanços de escadas, e lá foram as duas pelas escadas.


O mais curioso é que, para chegarem àquele local, elas tiveram de passar por outras escadas e elevadores. Ou seja, o problema já não era novo. Mas aí, como as escadas eram a descer, julgo que se aplica a velha máxima de que a descer todos os santos ajudam. O pior é a subir.

{#emotions_dlg.blink}