Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Compra o que vendo, mas não olhes para mim!

dieta_dr_oz.jpg

 

Em primeiro lugar, não tenho nada contra os gordos, nem contra os magros, nem contra os "normais". Este post é apenas sobre uma questão de marketing.

 

Há uns dias passei por uma banca junto a um Pingo Doce onde uma senhora gorda (sem ofensa) fazia publicidade a um produto que prometia uma perda de 6 quilos num mês e ventre liso.

 

Serei só eu a achar isto estranho? Atenção que a senhora não era "um pouquinho gorda". Nada disso, era mesmo bem obesa. 

 

Onde é que está o marketing deste produto? Só vejo 3 hipóteses:

- Ou ela era bem mais gorda e está a passar o testemunho de como já perdeu peso (mas só quem a conhece é que sabe);

- Ou querem mostrar diariamente os efeitos do produto e a pessoa tem de lá passar todos os dias para poder comprovar os resultados (pela campanha de marketing para obrigar as pessoas a passar pelo Pingo Doce diariamente);

- Ou estava a substituir uma colega à hora de almoço...

 

Já sei que muitos vão dizer:

Mas qual é o mal dela ser gorda?

Tens alguma coisa contra os gordos?

Fez-te assim tanta diferença?

Mas os gordos agora não podem trabalhar?

Os gordos não têm os mesmos direitos dos magros?

Vai à m#rda!

 

Mas a verdade é que isto é estranho... No fundo é como haver:

- uma pessoa cheia de acne a vender produtos para acabar com o acne;

- carecas a convencer os outros que têm um produto que devolve o cabelo em 3 dias;

- uma mulher cheia de celulite a vender um creme miraculoso contra a celulite;

- um homem a vender repelentes para as melgas e cravejado de picadas desde a ponta do cabelo à unha do dedo grande do pé...

 

Enfim, tudo meio estranho, não? Se querem vender um produto que deixa o ventre liso, então arranjem uma mulher com o ventre liso. Caso contrário duvido que haja alguém que compre o produto. Isto do marketing já não é o que era... Volta Don Draper! Estás perdoado!

1 comentário

Comentar post