Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

soentrenos

Burj Khalifa Bin Zayid, Dubai

 

É o prédio mais alto do mundo (são 828 metros de altura), e estava desejoso de visitá-lo desde 2008, quando fomos ao Dubai pela primeira vez e passámos por ele ainda em construção. 

 

 

São 160 andares habitáveis, sendo que o observatório fica localizado no 124º andar, a 442 metros de altura, de onde é possível observar toda a cidade do Dubai, bem como outros Emiratos dos Emiratos Árabes Unidos, ou até mesmo o Irão e Omã.

 

 

Como não podia faltar, também é possível observar algumas das construções mais incríveis no Dubai, como as palmeiras e "O mundo".

 

 

Tal como seria de esperar, a vista é espetacular e o mais difícil é decidir apanhar o elevador de regresso a terra (que viaja a uma velocidade de 10 metros por segundo). Apetece mesmo ficar durante horas a apreciar a combinação do deserto, do mar e de uma das cidades mais futuristas e desenvolvidas do mundo.

 

 

Regressando ao prédio, e em jeito de curiosidade, para além do observatório existem, ao longo dos mais de 100 andares, escritórios, habitações, o Hotel Armani, restaurantes e estações de telecomunicações.

 

 

São consumidos 1 milhão de litros de água por dia (e não se esqueçam que estamos no meio do deserto); o Burj Khalifa visto por cima assemelha-se a uma flor-de-lótus, sagrada no Oriente; a quantidade de energia elétrica usada é equivalente a 500 000 lâmpadas de 100 watts ligadas ao mesmo tempo; e, com o aço que foi preciso para construir o Burj Khalifa, daria para construir uma estrada percorrendo 1/4 da circunferência terrestre (dos Estados Unidos ao Médio Oriente).

 

 

Se planeia visitar o Burj Khalifa, aconselho-o a comprar os bilhetes, com antecedência, no site do Burj Khalifa (€25 por adulto), onde é possível reservar o dia e hora da visita e levantar os bilhetes no Dubai Mall, ao invés de comprar os bilhetes no Burj Khalifa (€80 por adulto). A hora mais recomendável para a visita é entre as 17:30 ou 18:00, porque está menos quente e pode admirar o pôr-do-sol.

{#emotions_dlg.blink}

6 comentários

Comentar post