Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Balanço de fim de ano

New-Yorks-Times-Square-on-004.jpg

 

Para mim todos os finais de ano são nostálgicos. Este não é exceção. Acabo sempre por fazer um balanço da vida que vivi no ano que passou. E fico sempre assustada com a perspetiva de todo um novo ano para encher, com tudo aquilo que de bom e mau nos pode trazer um novo ano. É evidente que isto faz pouco sentido, porque a cada dia que passa passou um ano sobre o ano que vivemos desde que esse dia aconteceu no último ano. Quando muito, poderíamos falar em ano novo quando celebramos o nosso aniversário...

 

Mas, enfim, para mim, o fim de cada ano civil implica um balanço e planos para o novo ano. Em relação a 2015, foi um ano incrível! Foi maravilhoso porque comecei o ano com um bebé de 10 cm na barriga, pude conhecê-lo a meio do ano e agora já o tenho aqui, junto a mim, sentado no chão a brincar, sempre com aquele sorriso fácil que me derrete o coração... Claro que, entretanto, viajámos, fomos aos dois melhores restaurantes do mundo (aqui e aqui) e a outros tantos igualmente bons ou menos bons, mas perante a gigantesca mudança que aconteceu nas nossas vidas com o nascimento deste filho tão desejado, o resto da vida passou a ser secundário!

 

E depois deste ano tão preenchido, o que esperar de 2016? Certamente não espero tanto como há um ano esperava de 2015. Mas, por outro lado, entro no novo ano mais tranquila do que há um ano. Com menos incertezas e menos medos. Com a vida mais preenchida e o coração mais cheio. E apenas espero que possamos, juntos, continuar a viver felizes como temos sido e que a cada novo dia vejamos o nosso filho crescer saudável e feliz.

 

Bom ano novo para todos!

3 comentários

Comentar post