Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Auschwitz em Portugal

 

Foi isto que a minha mulher pensou, e eu tive de concordar. Recentemente, íamos, cada um no seu carro e, à nossa frente, apareceu uma camioneta com a porta traseira aberta, onde era possível ver três bancos corridos de madeira com quatro mulheres sentadas em cada um, embrulhadas em plástico para não se molharem muito com a chuva que caía com força e entrava na camioneta.

 

Os bancos não deviam estar presos à camioneta, não havia qualquer sinal de existência de cintos de segurança e as mulheres iam ali, a caminho de mais um dia de trabalho no campo, tal e qual como animais a caminho do matadouro, ou judeus a caminho de Auschwitz.

 

Como é que é possível não haver nenhum agente de autoridade que veja aquela situação que, de certeza, se repete diariamente?

 

Faz sentido transportar doze mulheres sem qualquer tipo de segurança? Sem qualquer tipo de dignidade? Onde é que está o respeito?

 

Duvido que elas possam fazer alguma coisa. Precisam do dinheiro e sujeitam-se a ser transportadas como animais. E, provavelmente, a serem tratadas como animais ao longo do dia de trabalho. Mas será que não há mesmo ninguém que veja aquilo e possa fazer alguma coisa?

 

Vergonhoso...

{#emotions_dlg.blink}

2 comentários

Comentar post