Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

soentrenos

Ajudar quem mais precisa?!? Nem pensar!!!

Imagem1.png

 

Recentemente, ouvi esta conversa numa loja Worten, que me deixou sem palavras... Há mesmo gente assim? É mesmo verdade? Nem o Natal é capaz de amolecer estes corações? Parece-me que não...

 

Funcionária da Worten, ao fazer a conta a uma cliente - Posso juntar vinte cêntimos à sua conta?

Cliente - Para quê?

Worten - Para ajudar as Aldeias SOS.

Cliente - Isso é o quê?

Worten - É para ajudar as crianças.

Cliente - Se for realmente para ajudar as crianças dou, mas se for para ajudá-la já não dou.

Worten - Para me ajudar?!

Cliente - Sim, eu sei lá se os vinte cêntimos não são para si!

Worten - Para mim?! Mas então está aqui escrito (afirmou apontando para os cartazes afixados junto às caixas de pagamento) que os vinte cêntimos são para as Aldeias SOS, como é que o dinheiro é para mim?

Cliente - Não sei. 

Worten - Não acredita? Já que está assim, eu até lhe passo uma fatura isolada dos vinte cêntimos para poder deduzir no IRS e para ver se acredita... Qual é o seu NIF?

Cliente - Deixe estar, já que insiste eu dou os vinte cêntimos. 

Worten - Olhe, deixe estar. Esqueça, prefiro dar eu vinte cêntimos do meu bolso. Eles não precisam do seu dinheiro!!

Cliente - Mas agora insisto! 

 

A conversa terminou num tom bastante elevado de ambas as partes, com a cliente a atirar a moeda de vinte cêntimos à funcionária.

 

Ainda não refeita do que tinha acontecido, decide atender a cliente seguinte. Depois de fazer a conta, ainda desabafa com a nova cliente - Isto há com cada uma... Tudo por vinte cêntimos... A senhora dá os vinte cêntimos, não dá?

Worten - Oh menina, já me pediu isso ontem, agora não dou outra vez.

Cliente - Por acaso isso é impossível, porque só hoje é que comecei a pedir o dinheiro... 

Worten - Pois então se não foi para isso, pediu-me dinheiro para outra coisa qualquer. Eu não dou nada.

 

Não me vou alongar muito em considerações, mas vou apenas reforçar dois pontos:

- a oferta sugerida era de vinte cêntimos;

- e o dinheiro servia para ajudar crianças necessitadas.

 

Como é que é possível haver estas reações?

17 comentários

Comentar post

Pág. 1/2