Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Afinal não parece ser assim tão mau...

ham.jpg

 

Lembram-se daquele artigo do Giles Coren que, a propósito da sua crítica ao restaurante do Chef português Nuno Mendes, Taberna do Mercado, tentou arrasar de uma forma ridícula Portugal e os portugueses?

 

Se não se lembram, podem ler aqui o meu post, e a crítica completa aqui.


Segundo o sábio Giles Coren, não só a nossa cozinha é a pior do mundo, como Portugal é o pior país do mundo (e o mais perigoso) e o restaurante Taberna do Mercado, de Nuno Mendes, está entre os piores de Londres, com comida horrível, a fazer lembrar esgoto a vazar, sendo o tipo de coisa que se consegue preparar quando se naufraga e não há mais nada para comer a não ser gordura de porco e serragem.

 

É óbvio que ninguém levou as suas palavras a sério, porque uma pessoa destas não pode ser levada a sério, e não faltam por aí críticas excelentes à Taberna do Mercado. Mas foi recentemente publicada mais uma, pela Elizabeth Auerbach, que dá uma nota final de 89 (em 100).

 

Ora eu não sei se a comida na Taberna do Mercado é péssima, razoável, boa ou excelente. Mas sei que Nuno Mendes, do antigo Viajante e do Chiltern Firehouse, não podia servir uma comida assim tão má.

 

Elizabeth Auerbach, uma verdadeira conhecedora da gastronomia mundial, vem confirmar isso mesmo, com a sua análise, que podem ler aqui.

 

É certo que tudo isto é muito subjetivo, e faz sentido que haja quem goste, e quem não goste, da Taberna do Mercado. Mas parece-me inviável que tudo seja tão horrível, como se comprova agora. Fica, por isso, mais uma garantia sobre a qualidade do trabalho de Nuno Mendes na sua Taberna do Mercado.