Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

"Abre-te sésamo!" ou "A CP é uma vergonha!"

comboio5.jpg

Nalguns comboios as portas são abertas pressionando um botão. Botão esse que pode assumir duas cores. O verde e vermelho. Como é lógico, o botão fica da cor vermelha enquanto o comboio está em movimento, demonstrando que não é possível abrir as portas, e passa a verde quando pára numa estação, informando que as portas podem ser abertas. Mas... Eu escrevi "lógico"? Peço perdão, enganei-me.


Isto de ter apenas duas cores parece ser uma enorme confusão para muitos. Não deveria, porque o vermelho está universalmente associado a algo proibido, e o verde a algo permitido. Basta até pensar nos semáforos. Verde para andar, vermelho para parar.

Porém, muitos são os que carregam desenfreadamente no botão, enquanto o comboio ainda está em movimento a chegar a uma estação, apesar deste apresentar uma cor vermelha. Tal como carregam quando o comboio está parado mas, por algum motivo, o maquinista ainda não pode abrir as portas. E agora pergunto: se o botão está vermelho, de que é que adianta carregar?

Há uns dias, o comboio estava a chegar a uma estação e uma senhora começou a carregar no botão de forma insistente. Estava de cor vermelha e, obviamente, a porta não abria até porque o comboio ainda estava a circular. No entanto, ela continuava a carregar. Até que suspirou e reclamou para outros passageiros à sua volta: "Isto está cada vez pior! Agora nem as portas abrem!"

Apeteceu-me perguntar se era dupla de Hollywood para saltar de um comboio em movimento, ou se era só maluca, mas, para minha surpresa, um passageiro respondeu: "Se calhar não está a carregar bem. Faça com mais força."

E a mulher fez. Com o comboio ainda a andar, e o botão vermelho, ela carregava com toda a força que tinha para abrir as portas. 

Quando estas, surpreendentemente, se abriram assim que o comboio parou, eles gritaram de satisfação e saíram a reclamar com a CP.

Por tudo isto, acho que não vale a pena instalarem mais botões coloridos nas portas, pois muitos vão continuar a carregar independentemente da cor. Talvez a existência de duas cores seja demasiado complexo para muitas cabeças.