Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

A data das eleições e o discurso do Presidente

b4901f575436c4aeaa7ac1ea0017bd8b.jpg

 

Anteontem à hora de jantar, as televisões esperavam ansiosamente pelo anúncio da data das próximas eleições. Estranhei a ansiedade. Não me lembro nunca de um cenário destes em torno da data de umas eleições. Na verdade, para o comum dos cidadãos, como eu, que importância tem ser no dia 27 ou no dia 4 ou noutro dia qualquer? Será que alguém vai alterar as férias ou a data do casamento por causa das eleições? Duvido, mas adiante. 

 

A ansiedade maior ontem, creio eu, tinha a ver com o anúncio de uma declaração ao país associada ao agendamento das eleições. E qual era essa declaração tão importante? Pois... Deste Presidente já se espera tudo, é verdade. E tudo, neste caso, é sempre muito pouco. Pois que, anteontem, Sua Excelência, lembrou-se de nos pedir, a nós, comuns cidadãos eleitores portugueses, para elegermos uma maioria nas próximas eleições. Trocado por miúdos, o nosso Presidente deixou bem claro que não devemos votar nos pequenos partidos. O que ficou por esclarecer foi em qual dos grandes quer então que votemos. Bom, claro que sabemos em qual deles o nosso Presidente gostaria que votássemos, mas não teve coragem de deixar esse ponto bem explícito. Sendo assim, ficámos, no fundo, sem saber a quem dar a maioria pedida.

 

Eu sugiro que façamos eleições primárias nos nossos condomínios. Isso mesmo. Reunimos a assembleia de condóminos e votamos. Se não chegarmos a uma maioria clara logo à primeira, chegaremos certamente à segunda volta. E depois, cada um de nós deverá votar de acordo com o resultado final das primárias do condomínio. 

 

Só entre nós, ainda falta muito até janeiro? Estou ansiosa pelo anúncio da data das eleições presidenciais!

1 comentário

Comentar post