Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Só entre nós

Só entre nós é um blog só para nós. Para escrevermos sobre aquilo em que pensamos, sobre o que gostamos, ou não, sobre viagens fabulosas, restaurantes, pessoas que admiramos, ou que nos deixam os cabelos no ar, livros lidos e muito mais.

21
Set17

Democràcia?

Só entre nós

barcelona.jpg

 

Es pot dir que vivim en una democràcia si no podeu votar lliurement?

Podemos dizer que vivemos numa democracia, se não pudermos votar livremente?

 

Quando a população de um país vê um dos direitos mais fundamentais de uma democracia limitado, dificilmente se pode dizer que existe democracia. Deverá ser sempre dada a liberdade à população de votar. Não é o caso na nossa vizinha Espanha. Não sei como isto vai acabar, mas temo pelas consequências da intransigência do Estado Espanhol. 

 

Democracia é votar. Sim ou não, mas votar!

 

democràcia.png

 

18
Set17

Os 11 pratos mais arrepiantes do mundo (Proibido para os mais sensíveis!)

Só entre nós

xl_15896_Century-egg-TP.jpg

 

O post que se segue pode ser desconfortável para os mais sensíveis.

Se for o seu caso, não leia.

 

 

15
Set17

Quadro da semana #15 (Mary Cassatt)

Só entre nós

Quadro.png

 

Autor - Mary Cassatt

Título - Crianças no jardim

Ano - 1878

Coleção - The Museum of Fine Arts, Houston

 

14
Set17

Transformação de uma padaria no Porto

Só entre nós

 

 

Acompanhem esta transformação no blog Cisco Pisco. 

 

 

20633904_FALU5.jpeg

14
Set17

Embaixadas em Portugal e o desconhecimento da língua portuguesa...

Só entre nós

Lp.jpg

 

Eu sei que uma embaixada, enquanto sede da representação diplomática de um Estado, é uma pequena parcela desse território estrangeiro. No entanto, não faria sentido que os seus funcionários, ou pelo menos alguns dos seus funcionários, falassem a língua do país onde a embaixada está?

 

Caso concreto, mas sem revelar países.

 

Há uns meses tive de contactar a embaixada de um país nórdico sediada em Lisboa. Atenderam-me na língua desse país. Tentei falar em português, mas não foi possível. Tentei falar em inglês e foi muito difícil mas lá consegui colocar a minha dúvida.

 

Ontem telefonei para a embaixada de um país árabe em Lisboa e a funcionária que atendia sabia português, mas nenhum dos restantes funcionários com quem falei sabia português ou inglês. Insistiam, num inglês bastante sofrido, que tinha de saber falar árabe. 

 

Ora eu até sei falar algumas línguas, mas não sei árabe. Resultado? Só à quarta chamada, e depois de muita insistência, é que consegui falar com o Embaixador. Que, por sorte, falava inglês.

 

Isto tudo para perguntar: por estarem em Portugal, não deviam saber falar em português? Não seria o mínimo? Ou então inglês, uma vez que é a língua universal.

 

Percebo que a maioria dos interessados em falar com uma embaixada sejam os locais desse país representado. Mas a verdade é que os portugueses também podem querer tratar de assuntos lá... Questões com viagens, vistos...

 

Não posso jurar, mas sou tentado a apostar que nas embaixadas de Portugal espalhadas pelo mundo, não só falam a língua do país onde estão, como ainda falam inglês. Sina de um povo que tem a mania de se esforçar por saber comunicar com todos.

12
Set17

90 anos, mas tão moderna...

Só entre nós

Nova casa no blog Cisco Pisco.

20633863_DAjP4.jpeg

 

12
Set17

11 de setembro - Depois do atentado

Só entre nós

IMG_5639.JPG

 

Ontem foi o dia de recordar a tragédia. Hoje é dia de pensar no futuro.

Algumas fotos tiradas no chamado Ground Zero em 2016.

IMG_5640.JPG

 

IMG_5641.JPG

 

IMG_5642.JPG

 

IMG_5643.JPG

 

IMG_5644.JPG

 

11
Set17

11 de setembro - Antes do atentado

Só entre nós

01.jpeg

 

"We shall never forget, we shall keep this day, we shall keep the events and the tears in our minds, our memory and our hearts and take them with us as we carry on!"

 

Em agosto de 2001, exatamente um mês antes dos terríveis atentados às Twin Towers, estava em Nova Iorque com os meus pais e subimos a uma das torres. Foi o momento mais feliz da minha estadia na cidade que nunca dorme. Na altura desconhecia que pudesse haver tanto mal no mundo e nunca poderia imaginar que, um mês depois, nada daquilo existiria, que milhares de pessoas iriam morrer ali e o mundo iria mudar tanto.

 

Estas foram algumas das fotos que tirei em agosto de 2001.

 

02.jpeg

 

03.jpeg

 

04.jpeg

 

05.jpeg

 

06.jpeg

 

07.jpeg

 

Em 2010, quando regressei a Nova Iorque, vi apenas o vazio e uma torre que já começava a marcar o horizonte.

 

2016, foi o ano de poder prestar a devida homenagem. Mas deixo isso para amanhã.

 

Termino como comecei. 

 

"Nunca nos deveremos esquecer, devemos manter este dia, devemos manter os acontecimentos e as lágrimas nas nossas mentes, nossa memória e nossos corações e levá-las conosco enquanto continuamos!"

 

(Publicado às 09:11)

08
Set17

Quadro da semana #14 (Joan Miró)

Só entre nós

serralves-2016-joan-miro-1959-mujer-y-pajaro1.jpg

 

A propósito da inauguração da coleção de Miró no Palácio da Ajuda em Lisboa (que previamente esteve em Serralves), o quadro de hoje é uma das magníficas obras de arte em exposição. Mulher e pássaro numa paisagem. Para ver durante os próximos meses no Palácio da Ajuda.

07
Set17

Vila Joya (2 estrelas Michelin) - Valeu a pena regressar ao Paraíso?

Só entre nós

IMG_4328.JPG

 

Depois de termos visitado o Vila Joya em 2014 (na altura considerado como o 22º melhor restaurante do mundo pela “The World’s 50 Best Restaurants”) - post aqui - e de termos gostado tanto da experiência, estava na hora de regressar ao paraíso. Ou melhor - a casa.